Newsletter

Pescaria das Letras

Mirian (Tramandaí/RS)

Com o objetivo de identificar as letras, associando-as a figuras, bem como promover a interação em grupo, a educadora Mirian da Silva, de Tramandaí (RS), desenvolveu a atividade "Pescaria das Letras" na Escola Municipal de Ensino Fundamental Erineo Scopel Rapaki, na turma do segundo ano.
Mirian Solange Roque da Silva tem 46 anos, é acadêmica em Pedagogia e bolsista do PIBID na escola Erineo Rapaki, em Tramandaí (RS), na turma do segundo ano do período matutino.

A turma foi dividida em quatro grupos de cinco crianças

Cada grupo recebeu um pote com os peixinhos identificados por uma letra, uma varinha e um envelope contendo diferentes gravuras.

Cada criança retirava uma gravura e pescava as letras correspondentes até formar a palavra.

Depois, a professora mostrou as gravuras uma por uma e as crianças soletraram as sílabas para que elas escrevessem a palavra no quadro.
Em seguida, elas pintaram as figuras e escreveram os nome ao lado.

Todos os materiais que recebi eram de excelente qualidade. As crianças gostaram muito, pois muitas delas não tinham materiais escolares, por ser uma escola localizada numa área bem precária.

Todos os materiais são de ótima qualidade e ótimo design.

As cores vivas chamam a atenção das crianças e fica fácil achá-los quando estão perdidos pela sala de aula.

Comércio e importação de materiais escolares e de escritório.