Newsletter

Solidariedade na Educação Infantil

Lucicleide de Melo (Uberlândia/MG)

Com o projeto “Solidariedade na Educação Infantil”, a educadora Lucicleide de Melo Monteiro Santos vivenciou com seus alunos a cidadania com participação social e política, compreendendo-a com o exercício de direitos e deveres sociais.

A atividade foi feita na Escola Municipal de Educação Infantil Profª Maria Luiza Barbosa de Souza, em Uberlândia - MG, com vinte e cinco crianças com cinco anos.

Formada em Pedagogia pela Universidade Federal de Uberlândia, a educadora Lucicleide tem especialização em Pós-Graduação Lato Sensu PROEJA. Desde 1996, trabalha como educadora infantil pela Prefeitura Municipal de Uberlândia, e já trabalhou como professora de reforço escolar no Centro de Formação da Associação de Moradores do Bairro Santa Luzia entre 1994 e 1996.


O projeto foi dividido em 12 etapas, começando por uma rodinha de conversa, em que cada um falou uma breve autobiografia, valorizando a oralidade e a bagagem dos alunos.

Depois, para envolver pais e responsáveis, a educadora enviou como tarefa a pergunta “Para você, o que é ser solidário?”. Além de dar a oportunidade de conversarem em casa sobre Solidariedade, os alunos também desenvolveram o senso de responsabilidade.


A professora, então, escolheu a fábula Lúcia-já-vou-indo para contar aos alunos, trabalhando o respeito ao próximo, solidariedade e amizade.
Após discutirem sobre a fábula, foi entregue uma folha de papel para cada aluno desenhar a parte que mais gostou da história.
Mais uma leitura foi feita. Desta vez, da história Solidariedade, parte da coleção O Que Cabe no Meu Mundo, em que os alunos também fizeram um desenho com as partes que mais os marcaram.

E chegou a hora de sair da sala! Com uma aula-passeio, os alunos conheceram um casal de professores aposentados, que contaram eventos marcantes vividos por eles. Esta parte do projeto foi importantíssima para que os alunos tivessem contato com a história da cidade e da própria escola.

Quando chegaram de volta à sala de aula, os alunos colocaram a mão na massa (literalmente)! Com a ajuda da Mega Massa, os alunos fizeram os professores que conheceram na aula-passeio: Pedro e Maria Luiza.

Sentados em forma de círculo na área externa da escola, os alunos foram convidados a participar de uma entrevista com os garis que realizam a coleta do lixo da EMEI Professora Maria Luiza Barbosa de Souza. Carinhosamente, os entrevistados demonstraram com simplicidade que ser solidário é benéfico e custa pouco. Ao término da entrevista, os alunos afixaram um adesivo com os dizeres: VOCÊ É MUITO IMPORTANTE e distribuíram abraços entre todos ali presentes. O abraço contagiou a EMEI, mostrando apreciação e reconhecimento às outras pessoas.

Como atividade lúdica, os alunos deram as mãos, formando uma roda, e cantaram a música Bola de Meia, Bola de Gude, do cantor Milton Nascimento.

Por meio dos traços e cores, os alunos tiveram liberdade de expressar sentimentos e emoções em um desenho livre.

Ao fim, foi realizada uma dinâmica com os alunos, em que eles trocaram os desenhos entre si. A educadora organizou todos os alunos em círculo, cada um verbalizou seu nome e um resumo da sua produção gráfica. Em seguida fez-se a troca (o aluno abraçou, presenteou o coleguinha e também foi presenteado). Ressalta-se que o desenvolvimento das atividades durante o Projeto reforça a importância de assumir ações voltadas para a cooperação, solidariedade e respeito às regras do convívio social.

"A Mega massa foi a campeã de elogios. Todos, sem exceção, consideraram a Mega Massa como a mais leve e macia que eles já utilizaram. As cores vibrantes despertaram maior entusiamo para produzir excelentes atividades."


Comércio e importação de materiais escolares e de escritório.